Imunizante da Pfizer chega em março ao Brasil

Primeiro imunizante a apresentar eficácia de 90%, após conclusão da terceira fase de testes, a vacina desenvolvida pela americana Pfizer tem previsão de chegar ao Brasil até março de 2021. O anúncio foi feito por Carlos Murillo, presidente da companhia no país, durante o simpósio on-line realizado pela Academia Nacional de Medicina, na última quinta-feira (12). Apesar do Brasil fazer parte do grupo dos países onde o imunizante sendo testado, não há um acordo com o Ministério da Saúde para que o imunizante seja incorporado ao Programa Nacional de Imunização (PNI). 

De acordo com Murillo, “Ainda estamos trabalhando fortemente com o governo brasileiro para tentar acelerar a disponibilidade (da vacina) o mais rápido possível. Tenho esperança de que no primeiro trimestre do próximo ano poderíamos estar contando com essa vacina disponível no Brasil”. 

Mesmo que um acordo com o governo brasileiro seja estabelecido, para disponibilização da vacina no Sistema único de Saúde (SUS), não há expectativa de transferência da tecnologia para produção em território nacional. Segundo Murillo, a Pfizer trabalha em conjunto com a farmacêutica alemã Biontech, e assim optou por concentrar a produção do imunizante nas sedes, durante a pandemia. “Passada a pandemia, a Pfizer vai avaliar e ver opções que permitam fazer a transferência de tecnologia”, afirmou. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *