Trump afirmou que vai recorrer à Suprema Corte para parar a contagem de votos

Durante  a madrugada desta quarta-feira (4), o presidente Donald Trump afirmou em pronunciamento que por direito, ganhou a eleição presidencial dos EUA. Por causa disso, ele declarou que irá recorrer  à Suprema Corte para parar a contagem de votos e impedir uma “fraude”. Ele fez essas declarações mesmo estando atrás de Joe Biden nas projeções de delegados no colégio eleitoral.

“De repente, eu disse: o que aconteceu com a eleição? … Eles sabiam que não podiam ganhar, então disseram, ‘vamos ao tribunal’. Queremos que a lei seja usada de maneira adequada, por isso iremos ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos. Queremos que todas as votações parem. Não queremos que eles encontrem cédulas às quatro da manhã e as adicionem à lista”, afirmou o republicano.

O presidente ainda continuou: “Isso é uma fraude para o povo americano. Isso é uma vergonha para o nosso país. Estávamos nos preparando para vencer esta eleição. Por direito, vencemos esta eleição. Iremos para a Suprema Corte dos Estados Unidos. Queremos que todas as votações parem”.

A campanha de Joe Biden declarou que caso Trump procure a Suprema Corte para impedir a contagem dos votos restantes, a equipe de advogados deles está em prontidão para impedir. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *