Vacina de Oxford avança mais uma etapa

Nesta segunda-feira (26), o laboratório Astrazeneca, que em parceria com a Universidade de Oxford está desenvolvendo um dos imunizantes contra a covid-19, anunciou que a vacina AZD1222 produz resposta imune em pacientes idosos e jovens.

Segundo um porta-voz do laboratório relatou à imprensa internacional, os resultados são significativos para consolidar a crença em uma ampla campanha de imunização até o primeiro semestre de 2021. Através de uma nota, enviada ao canal de TV CNBC (EUA), o laboratório declarou:  “É encorajador ver que as respostas de imunogenicidade foram semelhantes entre adultos mais velhos e mais jovens, e que a reatogenicidade foi menor em adultos mais velhos, onde a gravidade da covid-19 é maior”.

As novas informações estão em concordância a um estudo divulgado em julho, que já destacava que a vacina inglesa apresentou resposta imune “robusta” nos pacientes adultos saudáveis de 18 a 55 anos. Com isso, a expectativa é que novas informações sejam divulgados em um jornal especializado e dessa forma a comunidade científica revise os resultados das análises.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *