Morre voluntário testado com vacina de Oxford

Um médico de 28 anos, que era voluntário dos estudos da vacina de Oxford, no Rio de Janeiro, e trabalhava no combate à Covid, morreu em decorrência da doença. 

O homem veio a óbito na última quinta-feira (15), porém a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), confirmou a notícia nesta quarta-feira (21). As informações pessoais do voluntário são mantidas em sigilo. 

De acordo com o órgão, o comunicado da intercorrência aconteceu nesta segunda-feira (19). A agência declarou que um comitê independente e internacional acompanha o caso. 

Por meio de nota, a Universidade de Oxford destacou os incidentes com participantes do grupo de controle são revisados por um comitê independente. Além de afirmar que a “análise cuidadosa” não apresentou preocupações sobre a segurança do ensaio clínico da vacina.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *