Instalação da Comissão de Orçamento é adiada

Ficou para a próxima terça-feira (6), a instalação da Comissão Mista de Orçamento (CMO). A decisão foi tomada devido a falta de consenso quanto à presidência e a proporcionalidade das bancadas. O líder do Centrão, deputado Arthur Lira (PP-PB), pós em questão o espaço do PROS e do PSC. 

De acordo com o presidente do Congresso, o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), a decisão foi estabelecida para “evitar” conflitos e para que assim, as bancadas possam articular e chegar a um acordo. O senador ressaltou que a divergência está no método definido por Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados para distribuição de vagas entre os deputados. Seguindo esse critério, PROS e PSC estariam sem representante no colegiado. A regra está baseada nas consultorias da CMO e do Congresso Nacional, porém o presidente considerou o questionamento legítimo. 

A comissão é composta por 40 titulares, sendo 30 deputados e 10 senadores indicados pelos líderes partidários. Com a instalação, os parlamentares deverão eleger o presidente do colegiado, que deverá ser um deputado, o que segue a regra de alternância para a ocupação do cargo entre Câmara e Senado. 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *