Bolsonaro pede sugestões para bancar Renda Cidadã

Nesta terça-feira (29), o presidente Jair Bolsonaro reagiu às críticas feitas ao financiamento do Renda Cidadã, novo programa federal, que deverá substituir o Bolsa Família. Ele afirmou que os veículos de imprensa não apresentam soluções para a redução da pobreza. 

Em suas redes sociais, o chefe do Executivo destacou que a responsabilidade fiscal e o teto de gastos públicos são os trilhos do Ministério da Economia e afirmou estar aberto a sugestões de líderes partidários sobre meios de financiar a iniciativa. 

O chefe do Executivo escreveu: “A imprensa, que tanto apoiou o fique em casa, agora não apresenta opções de como atender a esses milhões de desassistidos. A responsabilidade fiscal e o respeito ao teto são os trilhos da Economia. Estamos abertos a sugestões juntamente com os líderes partidários”.

Na última segunda-feira (28), integrantes do Poder Legislativo e do Tribunal de Contas da União (TCU), criticaram a ideia do presidente de financiar o Renda Cidadã, com limitação dos gastos de precatórios e recursos do Fundo para Educação Básica (Fundeb). Para eles, o Executivo está tentando driblar o teto de gastos através de uma “contabilidade criativa”, mesma estratégia que foi usada para melhorar o resultado do fiscal do país durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *