Bolsonaro extingue posto de porta-voz

Através de nota oficial, a Secretaria de Governo informou que a função de porta-voz da Presidência da República, será desativada por meio de um decreto publicado nas próximas semanas no Diário Oficial da União. Desde o ano passado, o cargo era ocupado pelo general Otávio Rego Barros, porém desde março ele não fazia pronunciamentos oficiais. 

De acordo com assessores presidenciais, o chefe do Executivo se sentiu incomodado com o protagonismo do militar frente a função. À princípio, Bolsonaro mudou o formato do briefing diário, o que levou o general a deixar de responder as perguntas de repórteres credenciados, passando apenas a ler um informe oficial. Segundo os auxiliares do Palácio, o presidente decidiu que ele mesmo poderia exercer a função de porta-voz de seu governo, através de mensagens nas redes sociais e entrevistas diárias. 

Jair Bolsonaro ainda estuda uma forma de realocar Rego Barros em outra função do governo, na área de comunicação. Entre as alternativas, está a possibilidade dele ser deslocado para o Ministério da Defesa. 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *