Bolsonaro critica atual proposta do Renda Brasil

Nesta quarta-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro fez críticas a proposta apresentada pela equipe econômica para o programa Renda Brasil. O chefe do Executivo alegou que pediu a suspensão do anúncio do super pacote do Pró-Brasil. A declaração aconteceu durante a solenidade de religamento do Forno 1 da Usiminas, em Ipatinga. 

“Ontem discutimos a proposta, a possível proposta do Renda Brasil. Eu ontem falei ‘está suspenso’. Vamos voltar a conversar. A proposta como a equipe econômica apareceu para mim não será enviada ao Parlamento. Não posso tirar de pobres para dar para paupérrimos. Não podemos fazer isso. Como por exemplo, a questão do abono para quem ganha até dois salários mínimo. Seria, né, um 14º salário. Não podemos tirar isso de 12 milhões de pessoas para dar para um Bolsa Família ou um Renda Brasil, seja lá o que for o nome deste novo programa. Ou o Brasil começa a produzir, começa a, realmente, fazer o plano que interessa a todos nós, que é o melhor programa social que existe, que é o emprego, ou estamos fadados ao insucesso. Não posso fazer milagre e conto com todos os brasileiros para que cada um faça o melhor de si para tirar o Brasil da situação difícil em que se encontra, que não é de hoje”, declarou. 

O chefe do Executivo afirmou que ouviu propostas para utilizar o abono salarial de trabalhadores como uma das fontes para bancar o Renda Brasil, porém rejeitou a ideia. Na proposta inicial de Paulo Guedes (Economia), o Renda Brasil que substituirá o Bolsa Família, teria o valor de R$ 247. Bolsonaro, que viu sua popularidade crescer após o auxílio emergencial, espera que o ministro consiga aumentar a proposta. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *