Bolsonaro quer um valor maior para Renda Brasil

Apresentado ao projeto do ministro da Economia, Paulo Guedes, na última segunda-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro não aceitou o valor proposto pela equipe econômica. O programa Renda Brasil, que irá substituir o Bolsa Família, é a principal aposta do chefe do Executivo.

O projeto de Paulo Guedes deverá substituir também o auxílio emergencial, que atualmente para R$ 600 e no caso das mães de família, R$ 1200. A proposta do ministro era pagar cerca de R$ 250. Porém, o chefe do Executivo quer um valor maior para o benefício, visto que sua popularidade aumentou no Nordeste, depois do auxílio emergencial, principal programa de renda criado no atual governo.

De acordo com técnicos da equipe econômica, o principal problema é que uma valor maior para o benefício, não irá favorecer os gastos do governo federal. Assim, o pedido do presidente Jair Bolsonaro, levou a um impasse para a decisão sobre um valor. 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *