Governo tenta adiar votação de veto à desoneração

Ainda em negociação para o acordo sobre o veto para prorrogação da desoneração da folha, interlocutores do governo  afirmam que para evitar uma possível derrota, devem tentar adiar a votação marcada para acontecer nesta quarta-feira (19). 

No último mês de junho, o Congresso havia aprovado a proposta para que a medida que reduz o custo da contratação de mão de obra para 17 setores, seja prorrogada até dezembro de 2021. Atualmente,a lei em vigor, prevê a desoneração da folha de pagamento dessas empresas até o fim de 2020. 

Da sua parte, o presidente Jair Bolsonaro vetou a postergação da medida, e agora o ato o presidente deverá ser analisado por congressistas. Os integrantes do governo ainda temem uma derrubada do veto.

Em mais uma tentativa para articulação com partidos para manutenção do veto, uma reunião está marcada para acontecer nesta terça-feira (18), quando o líder do governo no Congresso, Eduardo Gomes (MDB-TO), tentará estabelecer o diálogo. Caso o acordo não aconteça, restará a estratégia de adiar a análise do assunto até o próximo sessão, prevista para o início do mês de setembro. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *