OMS acende novo sinal de alerta para o Brasil

Nesta segunda-feira (10), a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que não há motivo de alívio para os números da epidemia do novo coronavírus no Brasil. De acordo com os dados da organização, as notificações diárias estão em um estágio de platô muito alto, entre 50 mil e 60 mil ao dia, e a taxa de transmissão se elevou, marcando agora de 1,1 a 1,5. Uma taxa de transmissão acima de 1, indica que o contágio está se acelerando no país. 

Michael Ryan, diretor-executivo da OMS, afirmou que “todos os sinais são de transmissão comunitária sustentada e pressão constante sobre os sistemas de saúde”.  Até o momento, foram contabilizados 101.048 óbitos e mais de 3 milhões de casos no país. 

Ainda segundo Ryan, a porcentagem de testes com resultado positivo chega a 20%, o que corresponde a um baixo nível de testagem em território nacional, e abaixo do ideal, além do número de casos subnotificados. Durante entrevistas anteriores, Ryan declarou que essa porcentagem fica próxima de 5% nos países com programas intensivos de testagem e que números muito elevados como os do Brasil, indicam que há mais casos não detectados. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *