Auxílio para microempresários

Nesta quarta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro foi questionado sobre a possibilidade de prorrogar o auxílio emergencial para microempresários. Em sua resposta, o presidente lembrou os altos custos do programa e afirmou que o tema precisa ser debatido com o ministro da Economia, Paulo Guedes. “Não sei dizer, tem que ver com o Paulo Guedes. Nós já gastamos, o Brasil já gastou, eu não, já gastou R$ 700 bilhões com a covid”, afirmou.

O chefe do Executivo estava acompanhado pelo ex-campeão da categoria peso-pena do UFC, José Aldo. No último domingo (2), Bolsonaro já havia feito críticas às medidas de restrição adotadas por prefeitos e governadores para o combate ao novo coronavírus. 

Sem citar nomes, Jair Bolsonaro afirmou que o mesmo governador que “quebrou seu estado”, agora defende um auxílio emergencial permanente. Em sua opinião, o presidente afirma que a medida “arrebentaria a economia” do país, e repetiu o custo de R$ 50 bilhões mensais aos cofres públicos, para manutenção do auxílio. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *