Com alterações, Senado aprova MP do saque do FGTS

A Medida Provisória 946/2020, que libera saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) durante a pandemia da Covid-19, foi aprovada com mudanças pelo Senado. Os saques no valor máximo de R$ 1045, já estão sendo realizados pela população. Além disso, o documento que foi alterado e deve voltar à Câmara extinguiu o Fundo PIS/Pasep. 

As sugestões das alterações foram feitas junto ao senador Fernando Bezerra (MDB-PE), que é relator da MP e líder do governo na Casa. Através de acordo com relator, os senadores acertaram que será permitida a movimentação de todos os recursos da conta vinculada ao FGTS pelo trabalhador que tenha pedido demissão ou ainda tenha sido demitido sem justa causa.  

Bezerra apoiou as mudanças propostas pelo senadores e ressaltou que o governo não tem compromisso de sancionar as modificações, visto que busca garantir a aplicação dos recursos do FGTS em habitação e saneamento sem apostar na criação de novas modalidades de saque dos recursos. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *