“Ninguém morreu por falta de atendimento”, afirma Bolsonaro

Nesta quinta-feira (23), durante uma caminhada na área externa do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro declarou a seus apoiadores que não há como evitar as mortes por Covid-19 no país. Além disso, o chefe do Executivo afirmou que não houve mortes devido a ausência de atendimento médico. “No Brasil, ninguém morreu, pelo que eu tenho conhecimento, por falta de atendimento médico”, além disso, ele completou a fala declarando que “todos os recursos, o governo repassou aos estados e municípios”, para o combate à pandemia.

Jair Bolsonaro que está em isolamento social desde o dia 07 de julho, aproveitou para conversar com seus apoiadores sobre o fato do país ter atingido recorde de óbitos pelo segundo dia consecutivo, na última quarta-feira (22), contabilizando assim mais de 2,5 mil falecimentos. “Isso não tem nada a ver. A questão da pandemia, não tem como, não existe como evitar, a não ser que você for ficar isolado num canto aí. Fora isso, quem está vivendo em sociedade, mais cedo ou mais tarde, vai pegar (covid-19). Não tem como evitar morte no tocante a isso”, afirmou. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *