Vacina inglesa apresenta resultados positivos contra Covid-19

De acordo com o estudo divulgado nesta segunda-feira (20), pela revista científica The Lancet, a vacina da Universidade de Oxford, Inglaterra, apresenta bons resultados contra o novo coronavírus. Desenvolvida em parceria com a biofarmacêutica anglo-sueca AstraZeneca, a pesquisa foi realizada com aproximadamente 1.070 pessoas saudáveis. Os resultados apresentados correspondem às fases um e dois dos testes. 

O estudo apresenta característica randômica, na qual um grupo de controle recebeu uma vacina de meningite e em outro cego, os voluntários não sabem qual medicamento foi administrado. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde  (OMS), a vacina desenvolvida em Oxford é uma das três opções que estão na fase três de testes. Ainda segundo a pesquisa, a resposta imune é ainda mais efetiva após uma segunda dose da medicação ser administrada. 

Mesmo com os primeiros resultados positivos, ainda é necessários comprovar se a vacina pode efetivamente proteger as pessoas de uma infecção. Pequenos efeitos colaterais puderam ser observados, tais como: fadiga e dores de cabeça. Dor no local em que a injeção foi aplicada, dores musculares, calafrios e estado febril. Ainda de acordo com as informações divulgadas, os efeitos colaterais foram reduzidos após os pacientes tomarem paracetamol. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *