Bolsonaro indica sanção de ajuda aos estados

Nesta quinta-feira (21), por meio de uma videoconferência, o presidente Jair Bolsonaro esteve reunido com governadores. Acompanhado de ministros, o chefe do Executivo e os gestores estaduais debateram ações relacionadas ao combate à crise de saúde economia gerada pelo novo coronavírus. Além disso, Bolsonaro deve sancionar ainda hoje a ajuda aos estados.

Também participaram da reunião os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que mais cedo tiveram uma audiência com o chefe do Executivo. Durante o encontro geral, Bolsonaro reforçou a necessidade de um consenso em relação aos vetos do projeto de auxílio financeiro aos estados. 

“O mais importante: se possível sair uma proposta aqui por unanimidade de nós, ao vetarmos quatro dispositivos, um que é de extrema importância, que esse veto venha a ser mantido por parte do parlamento. Porque é assim que vamos construir nossa política, nos entendendo cada vez mais”, afirmou o presidente. Ele ainda ressaltou a necessidade do congelamento dos salários dos servidores públicos até 2021. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *