“Eu escolhi sair”, afirma Teich

Na tarde desta sexta-feira (15), o ex-ministro da Saúde, Nelson Teich fez um pronunciamento sobre a sua demissão da pasta. “A vida é feita de escolhas, e hoje eu escolhi sair”, começou o ex-ministro. Ele afirmou que fez o melhor que pôde à frente do Ministério, principalmente por ser um período em que o mundo passa por uma crise tão grave de saúde. 

Teich ressaltou que o Ministério vê a parceria com estados e municípios como um dos pontos essenciais. O sistema é conhecido como “tripatite”, que envolve as três esferas de poder para gerir saúde em toda a União. 

Nelson Teich afirmou que deixou pronto um plano de trabalho  para definir os próximos passos do embate ao Covid-19 em todo o país. Além disso, ele declarou que um programa de testagens, para entender como o vírus está circulando no país já foi aprovado. O ex-ministro ainda lembrou as visitas realizadas em algumas das cidades mais atingidas pela crise gerada pela pandemia, o como o vírus mudou a  vida das pessoas e dos profissionais que estão atuando nos hospitais. 

Durante o breve discurso, Teich afirmou que teve toda sua formação baseada no serviço público e agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro pela oportunidade de trabalhar pelo SUS. Por fim, ele ressaltou que aceitou o cargo por achar que poderia servi ao Brasil. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *