Lewandowski determina divulgação publicação dos exames de Bolsonaro

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que os resultados dos três exames feitos pelo presidente Jair Bolsonaro, para detectar se foi infectado ou não pela Covid-19, sejam tornados públicos. Na noite da última terça-feira (12), a Advocacia-Geral da União (AGU) entregou dois exames do presidente ao STF e declarou que os resultados deram negativos. um terceiro exame também foi entregue no fim desta manhã de forma espontânea. 

“A União, ao submeter os laudos dos exames a que se sujeitou o Presidente da República, para a eventual detecção da Covid-19, acabou por atender o pleito que a reclamante (o jornal Estado de S. Paulo) formulou no bojo da mencionada Ação Ordinária ainda em tramitação na primeira instância, dando, assim, integral cumprimento à tutela antecipada concedida pelo juízo de origem. De fato, com a entrega dos referidos laudos laboratoriais, deixou de existir o obstáculo para que tal ocorresse, representado pela decisão proferida pelo Presidente do Superior Tribunal de Justiça na Suspensão de Liminar e de Sentença 2.704/SP, em face da entrega espontânea dessa documentação, pela União, ao Supremo Tribunal Federal, para que deles tivesse ciência a reclamante. Determino a juntada aos autos eletrônicos de todos os laudos e documentos entregues pela União em meu Gabinete, aos quais se dará ampla publicidade”, escreveu Lewandowski em trecho da decisão. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *