Teich é surpreendido por decisão

Na última segunda-feira (11), as atividades de salões de beleza, barbearias e academias de esportes entraram para a lista de atividades essenciais. Com isso, no entendimento do governo federal, essas atividades poderão funcionar normalmente durante a pandemia do novo coronavírus. Agora, o número de atividades consideradas essenciais aumentou para 57. 

Porém, o ministro da Saúde, Nelson Teich foi surpreendido pela decisão do chefe do Executivo, já que só ficou sabendo da decisão enquanto participava de uma entrevista coletiva. 

“O que eu acho hoje é o seguinte: se você criar um fluxo que impeça que as pessoas se contaminem, e se você criar condições e pré-requisitos para que você não exponha as pessoas ao risco de contaminação, você pode trabalhar retorno de alguma coisa. Agora, tratar isso como essencial é um passo inicial, que foi uma decisão do presidente, que ele decidiu isso aí. Saiu hoje isso? Decisão de?”, declarou Teich.

“A decisão de atividades essenciais é uma coisa definida pelo Ministério da Economia. E o que eu realmente acredito é que qualquer decisão que envolva a definição como essencial ou não, ela passa pela tua capacidade de fazer isso de uma forma que proteja as pessoas. Só para deixar claro que isso é uma decisão do Ministério da Economia. Não é nossa”, finalizou. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *