Superintendente do RJ será número 2 da PF

O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta terça-feira (5), que o superintendente da Polícia Federal do estado do Rio de Janeiro, Carlos Henrique Oliveira, deverá assumir o posto de diretor-executivo da instituição. o “convite” teria partido do novo diretor-geral, o delegado Rolando Alexandre de Souza.

Durante sua saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro negou que tentou interferir na Polícia Federal, uma referência às acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, em seu pronunciamento de demissão. Um inquérito foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para apuração das acusações feitas por Moro. 

De acordo com o chefe do Executivo, Oliveira teria sido convidado por Rolando de Souza para assumir o cargo considerado o segundo mais importante da Polícia Federal. Souza foi nomeado e empossado como diretor-geral da PF na última segunda-feira (04 de maio). 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *