Ajuda para estados e municípios em pauta no Senado

Começou a ser debatido, nesta quinta-feira (30), no Senado Federal, o projeto de auxílio para ajudar estados e municípios durante o período de pandemia do novo coronavírus. O texto divide a opinião entre parlamentares e governo, e visa a transferência de recursos da União para as unidades da federação. 

Até agora, estima-se que sejam necessários R$ 130 bilhões para o repasse. Parte desse valor poderá ser compensado pelas medidas de congelamento dos salários dos servidores públicos por 18 meses. Para Paulo Guedes, aumentar os salários dos servidores não seria uma medida adequada, já que milhões de brasileiros estão perdendo seus empregos. “Esse dinheiro não pode virar aumento de salário”, declarou. 

Após conversas entre os integrantes do governo, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre se dispôs a colocar a contrapartida do documento. Com o congelamento dos salários dos servidores estaduais e municipais, além do Distrito Federal, haverá a possibilidade da transferência direta de recursos, destinado a serviços que “precisam ser mantidos durante a pandemia. Merenda escolar, saneamento, transporte público”,explicou Guedes. Como será elaborado pelo Senado, o projeto irá voltar para análise dos deputados.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *