Ramagem tem nomeação suspensa por ministro do STF

Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu a nomeação de Alexandre Ramagem para o cargo de diretor-geral a Polícia Federal. O ministro é o relator da ação protocolada pelo PDT, partido que teria questionado a nomeação feita pelo chefe do Executivo, junto com a série de acusações do ex-juiz Sérgio Moro sobre as tentativas de interferência política da Polícia Federal. 

Em um trecho do documento, ministro escreveu: ”Diante de todo o exposto, nos termos do artigo 7o, inciso III da Lei 12.016/2016, DEFIRO A MEDIDA LIMINAR para suspender a eficácia do Decreto de 27/4/2020 (DOU de 28/4/2020, Seção 2, p. 1) no que se refere à nomeação e posse de Alexandre Ramagem Rodrigues para o cargo de Diretor-Geral da Polícia Federal”

Alexandre Ramagem foi escolhido por Jair Bolsonaro para chefiar a PF, no lugar de Maurício Valeixo. Essa mudança resultou na saída de Sérgio Moro, do ministério da Justiça e Segurança Pública. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *