Não há previsão para ampliação do auxílio emergencial

Nesta segunda-feira (27), o presidente Jair Bolsonaro declarou que não há pretensão de ampliar para outras categorias o auxílio emergencial de R$ 600. O benefício está sendo pago aos trabalhadores informais, MEI’s e contribuintes individuais do INSS, como forma de complementar a renda durante esse período de crise. 

Uma proposta para ampliação foi aprovada na semana passada pelo poder Legislativo e seguiu para sanção presidencial. Auxílio emergencial, R$ 600. Faltam poucas pessoas para serem pagas. Acho que hoje ou amanhã (terça, 28) já começa a segunda parcela. São três parcelas de R$ 600. Não está previsto ampliação até porque cada parcela está na casa um pouco acima de R$ 30 bilhões”, afirmou Bolsonaro, ao lado do ministro Paulo Guedes. “Estas (outras categorias) aí, por enquanto, não está previsto isso daí. Se houver necessidade, se nos convencerem e se tiver recursos para tal, a gente estuda e defere ou não”, completou o presidente. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *