“O Presidente não me quer no cargo”, declara Moro

Na manhã desta sexta-feira (24), o agora ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro convocou uma coletiva de imprensa para anunciar seu pedido de demissão à frente da pasta. 

Após alguns esclarecimentos, Moro ressaltou os feitos à frente do Ministério durante todo o período em que esteve no governo.  Ele declarou que desde o segundo semestre de 2019, que o presidente Jair Bolsonaro tenta interferir na troca do comando da Polícia Federal e a sua interferência em relatórios da instituição. 

Para Sérgio Moro, o principal problema não era a troca do comando da PF e sim o porque desta troca. “Não é questão de nome, há outros bons nomes para assumir cargo”, declarou o ex-ministro, que ainda afirmou que a interferência política na troca da chefia. 

Além disso, ele afirmou que a houve uma quebra na promessa feita pelo presidente Jair Bolsonaro feita na hora em que o convite para assumir o cargo foi feito. Para Moro, há um grande equívoco na troca da gestão da PF sem nenhum motivo plausível para tal feito. 

Nem uma resposta favorável por parte do presidente, e ainda sem saber ao certo quem assumirá o comando da PF, Moro agradeceu ao tempo que passou à frente do Ministério.  Ele afirmou que Maurício Valeixo não queria sair do cargo, como anunciado em alguns canais de comunicação. 

Sérgio Moro ainda afirmou que não assinou o decreto do Diário Oficial com a exoneração de Valeixo e que só soube que o fato tinha sido concretizado através do Diário Oficial. Moro Afirmou Que não poderia aceitar a decisão do presidente Jair Bolsonaro, e ressaltando que não gostaria de gerar uma crise política em meio a pandemia, Moro declarou que estava entregando sua carta de demissão do Ministério da Justiça ao presidente Jair Bolsonaro, já que não haveria condições de continuar realizando seu trabalho à frente do Ministério, com interferências diretas do presidente. 

Veja mais – Moro pede demissão do governo

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *