Falta dinheiro para pagamento do “ coronavoucher”

Durante entrevista ao programa Brasil Urgente, o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni afirmou que foi necessário solicitar mais dinheiro ao Ministério da Economia para que a primeira parcela do auxílio emergencial seja paga a todos os solicitantes.  O número de inscritos ultrapassou as projeções do governo federal, “as projeções dos institutos era da ordem de 7 milhões de invisíveis, já estamos com mais de 20 milhões”, afirmou. 

Foi necessário que o valor extra de R$ 20 bilhões. O dinheiro só teria sido liberado na noite desta quinta-feira (23). Agora, o documento segue para a assinatura da medida provisória pelo presidente Jair Bolsonaro. Só então, será possível concluir o pagamento da primeira parcela do auxílio.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *