Ministro declara “É uma guerra”

Nesta quinta-feira (16), o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva esteve no Rio de Janeiro para acompanhar as ações do Comando Conjunto do Leste, para o combate ao coronavírus. Durante entrevista, o general declarou “para você terem uma ideia, as Forças Armadas empregaram, no dia de ontem (quarta, 15), cerca de 29 mil militares para ajudar no combate a esse inimigo feroz, que é o coronavírus. É uma guerra, e as Forças Armadas estão nela.” 

De acordo com a avaliação do ministro, o Brasil e outros países deverão repensar no futuro, sua dependência a produtos estratégicos, como os da área da saúde. “Passado essa fase que estamos vivendo, vamos ter que repensar. O mundo vai ter que repensar. A gente vai ter que diversificar as coisas estratégicas nossas. É um trabalho que já está sendo coordenado pela Presidência da República. A Casa Civil já tem um grupo de trabalho instituído para começar a pensar nisso”, declarou Azevedo e Silva. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *