Mandetta é demitido do Ministério

Foi demitido nesta quinta-feira (16), do cargo de ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Ele foi exonerado após vários momentos de tensão e divergências com o presidente Jair Bolsonaro, sobre questões referentes ao combate da pandemia do novo coronavírus no país. Um dos nomes mais cotados para assumir a pasta é o oncologista Nelson Teich.

Na última quarta-feira, Wanderson de Oliveira, secretário de Vigilância em Saúde, havia pedido demissão da pasta, mas não teve a intenção aceita pelo ex-ministro. 

Através de e-mail, Mandetta já havia informado a sua equipe que estava de saída da pasta nas “próximas horas ou dias” e que era hora de se preparar para sair junto com ele. “Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que nosso sistema de saúde está por enfrentar”, afirmou em seu Twitter. Para finalizar, ele ainda escreveu “agradeço a toda equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucesso no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país.”

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *