Bolsonaro se reúne com Mandetta no palácio

Na manhã desta quarta-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro esteve reunido com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A reunião estava entre os compromissos da agenda oficial do presidente. Nenhum dos participantes do encontro revelou o assunto tratado durante o encontro. 

A reunião aconteceu a portas fechadas e ocorreu dias após Bolsonaro ameaçar demitir Mandetta. Ambos entraram em conflito em razão da crise do novo coronavírus. O presidente defende a reabertura de comércios e o isolamento vertical, no qual apenas pessoas em grupos de risco permanecem em isolamento. 

Por sua vez, o ministro da Saúde defende que o trabalho técnico, com base na ciência e na tomada de decisões seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), além de defender que a população permaneça em quarentena. Outro ponto de conflito é em relação ao uso da hidroxicloroquina, remédio que vem sendo apontado pelo chefe do Executivo como potencial no tratamento do novo coronavírus. Para o ministro, os médicos brasileiros podem até prescrever o medicamento ao paciente, desde que “se responsabilizam individualmente” pelos efeitos colaterais da medicação. Ainda não há embasamento científico que comprove a eficácia do uso da medicação para a cura efetiva do coronavírus. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *