Empresas criam movimento para evitar demissões durante isolamento

Com as medidas restritivas de isolamento social, que levaram ao fechamento temporário de várias empresas, um grupo de empresários brasileiros divulgou um manifesto em que se compromete a manter os empregos de seus funcionários por ao menos dois meses, durante a pandemia. As empresas que assumiram esse compromisso, estão listadas no site “Não demita!”

Em um trecho do manifesto é possível ler: “Mantendo nossos quadros ajudaremos a evitar ou minimizar um possível colapso econômico e social. Se você tem fábricas ou instalações, siga as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do Ministério da Saúde. Crie um ambiente de trabalho em que as pessoas possam comer e trabalhar com distância física, e assim se sintam tão seguros quanto se estivessem em casa”.

Vale ressaltar que demitir um funcionário gera um alto custo imediato, que dependendo do caso é bem maior que assegurar dois meses de salários. O documento afirma que há linhas de crédito e soluções que estão sendo criadas para ajudar a enfrentar este momento de crise. 

O texto ainda reforça algumas orientações sobre como os empresários podem ajudar o restante da população. “Se você tiver força financeira, ajude as pessoas que moram nas nossas comunidades a terem condições de sobrevivência. Essas pessoas também são empreendedoras. São os vendedores de pipoca, de cachorro-quente, as manicures e diversos outros que não têm com quem contar. Elas também ajudam a levar o nosso país para frente, mas neste momento não podem sair de casa para lutar pela sobrevivência”.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *