Mandetta libera produção de máscaras de pano

De acordo com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta “qualquer pessoa” poderá produzir máscaras caseiras de pano, como barreira de proteção contra o coronavírus. Antes a recomendação era que apenas profissionais da saúde e pessoas com sintomas ou casos confirmados da Covid-19 utilizassem o equipamento de proteção.

Mandetta ressaltou a possibilidade do uso de máscaras caseiras e pediu a população que as máscaras cirúrgicas, chamadas de N95, sejam deixadas para uso exclusivo dos profissionais da saúde. O ministro ainda pediu que quem comprou o modelo N95, faça doações aos hospitais para uso dos médicos. 

Na manhã desta quinta-feira (02), os técnicos responsáveis pelo protocolo divulgarão de maneira oficial as novas orientações sobre o assunto. O ministro declarou que aquilo que  ele mesmo apresentou como “protocolo”, são na realidade recomendações simples sobre os tipos de tecido que poderão ser utilizados e a forma mais adequada de higienização e reutilização do equipamento. 

“Acho que máscaras de pano para os comunitários funciona muito bem como barreira. Não é caro de fazer, faça você mesmo, tem na internet, faça você mesmo e lave com água sanitária, ou o nome que você conhece. Lave por 20, tenha 4 ou 5 de uso pessoal, você mesmo lava, reaproveite. Agora é lutar com as armas que a gente tem. Não adianta a gente ficar agora lamentando que a china não tá produzindo. Vamos ter que criar as nossas armas e as nossas armas vão ser aquelas que nós tivermos”, declarou o ministro.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *