Mandetta declara que novo protocolo indicará máscaras para quem não tem sintomas do Covid

Nesta terça-feira (31), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta afirmou que sua equipe está preparando um documento com indicações para produção de máscaras com TNT (tecido não tecido) e com orientações para o uso do equipamento. Agora, as pessoas que não apresentam sintomas ou ainda não trabalham diretamente na área da saúde irão receber recomendações para o uso das máscaras em situações específicas.  

Até o momento, as indicações do Ministério da Saúde recomendavam que apenas profissionais da área de saúde, pessoas com sintomas de gripe ou com coronavírus usassem as máscaras. A restrição para o uso era justificada devido ao risco da manipulação incorreta do equipamento ampliar a transmissão, além da escassez do produto no mercado nacional. 

Mandetta já havia declarado que máscaras caseiras poderiam ser utilizadas por pessoas que apresentam os sintomas. Com isso, as máscaras cirúrgicas deverão ser utilizadas apenas por profissionais da área da saúde. Durante entrevista, o ministro afirmou que estuda junto à indústria têxtil, a produção do tipo de máscara feita a partir do TNT, como uma forma de contenção ao coronavírus para a população em geral, além é claro dos profissionais que atuam em outras áreas . “A gente mandou pesquisar primeiro, para saber se ela tem eficácia, ela serve perfeitamente bem”, declarou. 

Para o ministro, as máscaras caseiras de tecido serão incluídas entre os itens básicos que são necessários para o enfrentamento da pandemia e deverão ser utilizadas no ir e vir da população. “A gente vai fazer esse protocolo, vai divulgar, para a gente usar no ônibus, no ir e vir, pessoal que está na parte de menor contato, que fica mais na questão do isolamento social, mais no distanciamento, mas que precisa de reforço de barreira por conta da profissão, por conta da atividade”, afirmou Mandetta. 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *