Informais sem cadastro deverão ficar por último para receber o auxílio de R$ 600

Nesta terça-feira (31), o ministro  da Cidadania, Onyx Lorenzoni afirmou que os trabalhadores informais que não possuem nenhum cadastro do governo deverão ficar por último no cronograma de pagamento do auxílio mensal de R$ 600. O projeto que foi aprovado na última segunda-feira (30) pelo Senado, aguarda a sanção do presidente Jair Bolsonaro. 

Segundo o ministro, a ordem de pagamentos será realizada da seguinte forma:

-trabalhadores informais que recebem o Bolsa-Família

-informais que estão no cadastro único (banco de dados onde o governo federal tem registrados os nomes das pessoas de baixa renda habilitadas a receberem benefícios sociais)

-microempreendedores individuais e contribuintes individuais

-informais que não estão em cadastro nenhum

Lorenzoni ainda explicou que os beneficiários do Bolsa-Família estão aptos a receber os R$ 600 primeiro, devido ao cadastro e a logística de pagamentos para esses beneficiários já está consolidada. “Acho que é o mais fácil e mais rápido, porque nós temos que fazer duas coisas muito importantes: a primeira, agilidade, porque as pessoas precisam, e a segunda, segurança”, afirmou o ministro. “Então nessa linha serão primeiro os beneficiários do Bolsa-Família, logo depois os informais do cadastro único, porque nós temos o registro, é de fácil averiguação. Depois os MEIs (microempreendedores individuais) e os contribuintes individuais do INSS, e por fim, os informais, esses que vão precisar de um sistema novo”, completou Onyx Lorenzoni. 

A previsão é que na próxima semana, o governo apresente mais detalhes sobre como e quando será realizado o pagamento do benefício. De acordo com o ministro a data provável para o início dos repasse é a segunda semana de abril. “Se a primeira leva será do Bolsa-Família e o Bolsa-Família é pago a partir do dia 16 de cada mês, então muito provavelmente os primeiros pagamentos serão nessa data. Eu acho que é uma data razoável e segura para as pessoas”, afirmou Onyx. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *