Twitter deleta posts de Bolsonaro

A rede social Twitter, uma das mais usadas durante o período da quarentena, apagou pela primeira vez duas postagens do presidente Jair Bolsonaro. O fato ocorreu no último domingo (29). Os posts traziam vídeos em que o chefe do Executivo andava pelas ruas do Distrito Federal, criando pequenas aglomerações e contrariando o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. 

Durante os vídeos, o presidente ainda cita o uso de cloroquina para o tratamento da doença e fala sobre o isolamento social. Em um dos posts, gravado em Taguatinga, Bolsonaro conversa com trabalhadores informações, escuta críticas à quarentena e declara que o medicamento está dando certo. Já no outro post, agora em Sobradinho, o presidente esta em um açougue onde fala com funcionários, faz projeções sobre os índices de desemprego que pode ser provocado pelo isolamento social e novamente cita o remédio. 

Para o Twitter, as postagens do presidente violavam as regras de uso da rede. Na manhã desta segunda-feira (3), Jair Bolsonaro realizou duas postagens que permanecem no ar. Anteriormente apenas postagens de Nicolás Maduro haviam sido apagadas, se forem levadas em consideração apenas chefes de Estado. 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *