Mercado de trabalho reage em 2020

De acordo com os indicadores do mercado de trabalho da Fundação Getúlio Vargas, houve uma reação em janeiro deste ano. O Indicador Antecedente de Emprego chegou a marca de 92,3 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, o melhor índice desde abril de 2019. 

O Indicador busca antecipar as tendências do mercado de trabalho para os próximos meses. As informações são baseadas na avaliação dos consumidores e de empresários da indústria e dos serviços. 

Já o Indicador Coincidente de Desemprego recuou 2,8 pontos. Assim, atingiu 92,5 pontos o menor nível desde fevereiro de 2019. Para esse indicador, os dados usados como base são as informações dos consumidores sobre o desemprego atual, em escala invertida de pontuação. Por isso, quanto menor, mais positivo o resultado.  

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *