Wajngarten segue firme no governo, afirma Bolsonaro

Nesta quarta-feira (05), o presidente Jair Bolsonaro declarou que o secretário de Comunicação Social e Presidência, Fabio Wajngarten está “mais firme do que nunca” no cargo.  

A Superintendência da Polícia Federal abriu um inquérito para investigar supostas irregularidades cometidas pelo secretário. O pedido foi feito pelo procurador  Frederick Lustosa, do Ministério Público Federal (MPF), em Brasília. 

De acordo com Lustosa, o objetivo é investigar indícios de corrupção, peculato e advocacia administrativa. Este último ocorre quando o gestor utiliza cargo público para defender interesses privados.

Em sua saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro alegou que não viu nada “criminoso” na atitude do secretário. “Dá a entender que ele é um criminoso. Não é criminoso, eu não vi nada que atente contra ele. Wajngarten continua mais firme do que nunca”,  declarou. 

Através de nota, Fabio Wajngarten declarou que a abertura do inquérito é “mais um passo na rotina do processo de investigação”. Além disso, ele afirmou que terá como provar que não cometeu irregularidades. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *