Governo faz revisão em anistia de ex-cabos

O governo federal anunciou que irá passar um verdadeiro pente-fino nas anistias concedidas a 2,5 mil ex-cabos da aeronáutica. As indenizações foram concedidas sob o pretexto dos beneficiários terem sido perseguidos durante o período da ditadura militar. As informações  foram publicadas no jornal O Estado de S. Paulo.

A varredura teve início após o Supremo Tribunal Federal (STF) ter autorizado a revisão dos pagamentos que pesam mensalmente aos cofres públicos. De acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), o pagamento aos militares custa R$ 31 milhões a União. Os ex-cabos estão sendo notificados para apresentarem suas manifestações. 

A decisão final sobre os benefícios caberá a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. A Comissão de Anistia está subordinada a pasta da ministra. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *