MP denuncia 7 pessoas por crimes de invasão de privacidade

Nesta terça-feira (21), o Ministério Público Federal denunciou sete pessoas por crime de invasão de privacidade e hackeamento de celulares de autoridades. Entre os acusados está o jornalista Glenn Greenwald, autor do site “The Intercept Brasil”. Ele foi indiciado pelos crimes de associação criminosa e participação no hackeamento. 

Greenwald é autor de várias reportagens que revelaram o conteúdo de mensagens trocadas entre autoridades, como o ministro Sérgio Moro e o juiz Deltan Dallagnol, que tiveram seus celulares invadidos pelos hackers. 

Antes dessa denúncia o Ministério Público, o jornalista não havia sido indiciado pela Polícia Federal. No fim do ano passado o órgão declarou que não havia indícios do envolvimento moral ou material do jornalista nos crimes investigados. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *