Bolsonaro posta vídeo em que ministro afirma que concursos selecionam esquerdistas

Através de suas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro divulgou um vídeo em que Abraham Weintraub,  ministro da Educação, declara que concursos públicos no Brasil selecionam pessoas com ideologia política de esquerda. 

Weintraub afirmou: “Entre na internet e veja como foi o último concurso público da Abin (Agência Brasileira de Inteligência). Se você ver, é um concurso que [não] tem praticamente nada de matemática e está lá falando governo estado-unidense. Então você, na seleção, já seleciona pessoas com viés de esquerda nos concursos, como é o Enem”. O ministro não explica por que a referência “governo estado-unidense” faz referência aos partidos de esquerda. 

O vídeo postado na conta oficial do Facebook do presidente,  teve o seguinte texto como complemento “doutrina e mentiras até nos concursos”.  “Caso fosse perguntado numa prova: após a saída de João Goulart, em 1964, quem assumiu a presidência da república? Qual sua resposta?”, acrescentou Bolsonaro.

Ainda no vídeo, Weintraub declarou que essa doutrina começou na época dos concursos públicos do governo Fernando Henrique Cardoso. “Veja, isso começou com o Fernando Henrique. A gente não está falando de 16 anos de PT, a gente está falando mais de um quarto de século. De continuamente uma doutrinação que começa de uma forma suave e gradualmente você vai começando a achar o errado normal. E de repente você tem que achar o errado bonito. É disso que a gente está falando”, afirmou.

Além disso, o ministro classifica a pasta sob seu comando como “um colosso” e afirma que a mesma concentra 300 mil dos 600 mil servidores do governo federal. “Esse corpo aqui está cheio de pessoas que prestaram concurso público. É importante que seja dito como são esses concursos públicos”, concluiu. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *