MEC e Justiça incentiva pesquisa em segurança pública

Foi anunciada nesta quarta-feira (08), a liberação de R$ 10,1 milhões para bolsas de mestrado, doutorado ou pós-doutorado.  O programa é uma parceria entre os Ministros da Educação e da Justiça.

De acordo com Sergio Moro, ministro da Justiça, o objetivo do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica em Segurança Pública e Ciências Forenses. Ampliando assim o campo das ciências tecnológicas e não jurídicas. Durante o evento realizado no MEC, ele afirmou “É importante destacar que não são bolsas para áreas de estudo jurídico, embora possa haver [pesquisa nesse campo]. O nosso interesse é na área da tecnologia”.

O valor destinado às pesquisas, será financiado por vários órgãos. A Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) arcará com a maior parte: R$ 6 milhões. Já a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Polícia Federal serão responsáveis pelos R$ 4,1 milhões restantes. 

De acordo com Abraham Weintraub, ministro da Educação, o número de bolsas não está determinado. Os valores mensais à serem pagos também são variáveis. Para o  mestrado serão R$ 1.500 mensais, enquanto que para doutorados o valor é de R$ 2.200. Já para os pesquisadores que irão fazer o pós-doutorado, o valor da bolsa é de R$ 4.100. As bolsas acadêmicas serão pagas pela Capes, para todas as áreas. “Se forem principalmente mestrados, dá mais de 200 bolsas”, declarou Weintraub.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *