Governo em busca de imagem social

De acordo com informações divulgadas pelo O Estado de S. Paulo, o governo Jair Bolsonaro está em busca de sua imagem social. Uma boa parte da ala política avalia a falta de uma agenda assistencialista como o principal entrave de Bolsonaro. A avaliação popular do presidente vem enfrentando queda, principalmente entre os mais humilde e no Nordeste do país. 

A última mudança no Bolsa Família, aconteceu em 2003. Agora, o programa poderá mudar até mesmo de nome, passando a ser o “Renda Brasil”. Através do porta voz Otávio Rêgo Barros, o governo declarou que ainda não há definição sobre o assunto. Ele declarou “É um belo programa que visa reintegrar alguns aspectos que ficaram para trás de projetos assistencialistas de governos passados, privilegiando mérito e imaginando a possibilidade de saída dessas pessoas.”

Hoje, entre as exigências para o recebimento mensal do benefício é o acompanhamento médico e a frequência escolar de crianças e adolescentes. Segundo informações do Ministério da Cidadania, cerca de 13,9 milhões de famílias são assistidas pelo programa. O Governo ainda pretende enviar um projeto de lei para o Congresso, com o objetivo de passar um pente fino nos cadastros do Bolsa Família. O sistema irá combater as fraudes por meio do cruzamento dos dados da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física.  

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *