Bolsonaro cancela viagem para Davos

De acordo com informações divulgadas pelo porta-voz da presidência, Otávio Rêgo Barros, o presidente Jair Bolsonaro cancelou sua viagem para Davos, na Suíça. O destino sediará o Fórum Econômico Mundial, no final do mês de janeiro. A edição 2019 do encontro marcou a estreia de Bolsonaro nos eventos internacionais, após assumir a posse no Brasil. 

Na última segunda-feira (09), o presidente já havia dado sinais de que poderia cancelar a viagem. Bolsonaro declarou “o mundo tem seus problemas, questão de segurança”. O porta-voz declarou: “Está cancelada a ida do presidente, falei com ele há pouco. As razões para o cancelamento por parte do presidente são aquelas que já estamos esboçando há tempos”

Além disso, Barros não deu informações específicas para justificar a ausência do presidente no evento. “O presidente e os assessores analisaram uma série de aspectos: aspectos econômicos, aspectos de segurança, aspectos políticos. E o somatório desses aspectos, quando levados à apreciação do presidente, lhe permitiu avaliar que não seria o caso, neste momento, de participar desse fórum”, declarou.

O Fórum Econômico Mundial acontecerá entre dos dias 21 e 24 de janeiro. Entre os principais temas de discussão, estão: “Economias mais justas”, “Como salvar o planeta”, “Futuros saudáveis” e “Tecnologia para o bem”. O ministro da Economia Paulo Guedes, que já estava com a viagem para Davos programada, será o principal representante do Brasil no evento. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *