Pré-candidaturas para eleições municipais a todo vapor

 

Em 2020, teremos eleições municipais. E já na segunda semana de janeiro, o debate sobre os pré-candidatos está a todo vapor. 

Em Recife, capital pernambucana, a esquerda já apresenta um cenário de rachaduras. João Campos, deputado federal pelo PSB, será o candidato ao pleito pela sigla. O parlamentar é filho e bisneto  de ex-governadores do estado (Eduardo Campos e Miguel Arraes, respectivamente). Ele foi eleito em 2018, como o deputado mais bem votado da história de Pernambuco. 

João Campos terá que enfrentar antigos aliados na disputa pela Prefeitura do município. A expectativa é que o PDT lance a candidatura de Túlio Gadelha, também deputado federal para disputa. Já o PT, cogita lançar a deputada federal Marília Arraes, prima de João Campos.

Além de Recife,  o Rio de Janeiro também já tem nome para a disputa. Os deputados Hélio Lopes, aliado de Jair Bolsonaro, e Marcelo Freixo estão entre os nomes que deverão concorrer às eleições 2020. 

Em São Paulo, ao menos dois deputados federais irão se candidatar: Joice Hasselman e Celso Russomano. Porém, ambos os nomes poderão concorrer como vice na candidatura do atual prefeito, Bruno Covas.

Vale ressaltar ainda que, qualquer parlamentar que for ser candidato às eleições municipais, não precisará se afastar oficialmente do cargo. Mesmo longe do Congresso, deputados e senadores continuarão a receber todos os benefícios adquiridos ao tomarem posse. O afastamento oficial só é necessário nos casos em que o parlamentar substitui ou ainda sucede o presidente da República, durante o período de seis meses antes do pleito.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *