Bolsonaro reconhece as dificuldades de privatizar os Correios

Durante entrevista em frente ao Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro declarou enfrentar dificuldades para privatizar as empresas públicas brasileiras.  “Não são fáceis as privatizações. Até o próprio Correio que a gente quer privatizar, mas tem dificuldade”, afirmou.

Ainda segundo ele, não há como garantir que conseguirá viabilizar a venda dos Correios até o fim do seu mandato. “Se eu pudesse privatizar (os Correios) hoje, privatizaria. Mas, não posso prejudicar o servidor dos Correios.” 

O presidente ainda lembrou da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a venda das empresas-mães. A decisão precisa passar pelo Legislativo, além de solucionar outras questões consideradas empecilhos para dar continuidade aos processos de privatizações. 

Sobre o assunto, Bolsonaro ainda afirmou “E aí você mexe com centenas, milhares, dezenas de milhares de servidores, é um passivo grande. Tem que buscar solução para tudo isso. Não dá para jogar os caras para cima, eles têm que ter suas garantias, além de que tem que ter um comprador para aquilo, tem o Tribunal de Contas da União com lupa em cima de você. Não são fáceis as privatizações”.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *