Bolsonaro declara está “sepultada” a taxação de energia solar

Após conversa neste domingo (05), com os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o presidente Jair Bolsonaro se declarou otimista em relação a não taxação da energia solar. De acordo com Bolsonaro, a ideia é aprovar um projeto de lei que proíba a taxação.

Em sua saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro declarou “Liguei para o Rodrigo Maia [presidente da Câmara] e para o Davi Alcolumbre [presidente do Senado]. Se a Aneel vir a taxar, eles toparam derrubar a questão. Algum parlamentar deverá apresentar um projeto de lei para taxação zero e eles vão colocar para votar em regime de urgência. Então está sepultada qualquer possibilidade de taxar energia solar”.

Na noite de ontem, através das redes sociais, Jair Bolsonaro já havia se pronunciado sobre o assunto. Em vídeo, ele falou que a decisão é de responsabilidade da Aneel. “Que fique bem claro que quem decide esta questão é a Aneel, uma agência autônoma na qual seus integrantes têm mandato. Não tenho qualquer ingerência sobre eles. A decisão é deles. Nós do governo não discutiremos mais esse assunto, e ponto final”, declarou. 

Além disso, sobre o posicionamento do governo sobre o assunto, ele afirmou que ninguém, além dele pode se pronunciar sobre esta questão. “Não me interessam pareceres de secretários ou de quem for”, afirmou por fim. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *