MEC anuncia mudanças na escolha dos reitores das universidades federais

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), o governo Jair Bolsonaro poderá nomear 24 dirigentes as universidades federais e nove dos institutos federais de ensino em 2020. A mudança é resultado da medida provisória publicada esta semana que modifica as regras de escolha de reitores nas instituições. Com isso, a autonomia para organizar os processos eleitorais internos ficam restritas. 

Com a nova decisão, o objetivo do MEC é diminuir a judicialização no processo de nomeação dos dirigentes, tornando assim o trâmite mais seguro. Este ano, houveram sete ações judiciais sobre o tema. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *