Durante live, Bolsonaro defende juiz de garantia

Em sua live semanal, realizada nesta quinta-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro rebateu as críticas que vem recebendo após o Pacote Anti Crime. De acordo com ele, nunca houve acordo para que o artigo fosse vetado. Além disso, o presidente declarou que quem se sentir prejudicado ou não tiver gostado da decisão, poderá mudar o voto.

“Eu não fiz nenhum trato com ninguém sobre vetar o juiz de garantia. É um absurdo eu falar ‘vocês aprovam aí que eu veto’, isso é um contrassenso. Só uma pessoa sem caráter para pensar uma coisa dessas, mas tem parlamentares falando uma barbaridade dessas, querendo se eximir do que o Congresso aprovou”, afirmou Bolsonaro.

A decisão de manter a criação do “juiz de garantia”, não agradou o ministro Sérgio Moro. Com isso, várias reações negativas à decisão, surgiram na internet e a hashtag “Bolsonaro traidor”, chegou a ficar entre os assuntos principais do Twitter. 

Como forma de responder as críticas, Bolsonaro declarou que não tem como agradar todos seus eleitores o tempo todo. “Se entrar em vigor, eu não sei se vai entrar, se te prejudicar não vota mais em mim. Afinal de contas, se eu fizer 99 coisas a favor de vocês e uma contra, vocês querem mudar. Paciência, é um direito de vocês, eu sempre agi assim. Lógico que estou preocupado com o voto do eleitor, em fazer bem para o próximo, em agradar, mas eu não posso ser escravo de todo mundo, muita gente defende o juiz de garantia.”

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *