Bolsonaro declara que sanciona fundo eleitoral para evitar risco de impeachment

Durante a sua live semanal, o presidente Jair Bolsonaro declarou que irá sancionar o fundo eleitoral de R$ 2 bilhões. De acordo com ele, mesmo sendo contrário ao uso dos recursos  “O Congresso pode entender que, se eu vetei, atentei contra dispositivo constitucional e começar um processo de impeachment contra mim”, declarou.

Bolsonaro deixou claro sua opinião contrária ao uso de dinheiro público para o fundo eleitoral. Porém, lembrou que  a verba está prevista na Constituição Federal, se declarou assim um “escravo da lei”. O presidente ainda aguarda o parecer final da sua assessoria jurídica para decidir se vetará ou não a proposta. “O parecer preliminar é que eu tenho que sancionar”, declarou. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *