Reforma dos militares é sancionada

Foi publicado no Diário Oficial da União, desta terça-feira (17), o texto que sanciona o projeto de reestruturação da carreira de militares e acrescenta novas regras para Previdência. Na última semana,a o presidente havia anunciado que aprovaria o documento sem vetos. Além disso, ele aproveitou para enaltecer o papel dos militares durante o almoço de fim de ano das Forças Armadas.

Com a reforma, a expectativa era que R$ 10,45 bilhões seriam economizados em 10 anos. O projeto aumentou de 30 para 35 anos o tempo mínimo de serviço para quem ainda ingressar nas Forças Armadas. Alguns parlamentares que possuem ligações com a área de segurança pública, fizeram a articulação de policiais  Militares e Bombeiros na proposta. Com o projeto convertido em lei, esses profissionais passam a seguir as mesmas regras e pagar as mesmas taxas de contribuição das Forças Armadas. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *