Bolsonaro propõe fundo eleitoral de R$2,5 bilhões

O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta terça-feira (10), que não vetará o fundo eleitoral caso a proposta aceita seja de R$ 2,5 bilhões. A nova proposta de Bolsonaro tem redução de R$ 1,3 bilhões do valor previsto no relatório parcial da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2020. Os líderes dos partidos sinalizaram que irão aceitar a proposta caso haja garantia pública do presidente de que o fundo eleitoral não será vetado.

Caso a proposta de Bolsonaro seja aprovada, será uma vitória política significativa para o presidente frente ao Congresso. Desde o início do debate, o presidente e o ministro da Economia, Paulo Guedes deixaram claro que não seria possível aumentar o financiamento das eleições. Líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), declarou que o governo não iria garantir a aprovação e a sanção do aumento do fundo eleitoral para R$ 3,8 bilhões. 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *