Guedes afirma que é melhor crescer pouco que artificialmente

Na manhã desta sexta-feira (06), o ministro da Economia, Paulo Guedes declarou que não adianta nada forçar o crescimento do pa´si. De acordo com o ministro é melhor crescer menos do que crescer artificialmente. “É melhor, se for o caso, crescer mais baixo. Investe mais em educação, saúde, saneamento. Crescer mais rápido […] não acontece também, sem fazer esses investimentos. É um crescimento artificial”, afirmou. 

Durante sua fala no evento do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro, Guedes afirmou que “bota os juros mais baixos, bota o governo para criar mais emprego, rápido. Depois sabemos o que acontece. Inflação foi embora para dois dígitos, começou a confusão. Brasil caiu, teve impeachment. Então, não adianta forçar.”

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *